31 PLANOS DE SAÚDE SÃO SUSPENSOS POR FALTA DE COBERTURA ASSISTENCIAL

NOVO REMÉDIO PARA ENXAQUECA PROMETE MELHORAR A VIDA DE MUITA GENTE
30 de maio de 2018
vacina gripe
CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA GRIPE NÃO ATINGE META EM MINAS GERAIS
13 de junho de 2018

Saúde

31 PLANOS DE SAÚDE SÃO SUSPENSOS POR FALTA DE COBERTURA ASSISTENCIAL

plano de saúde

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) decidiu suspender a comercialização de 31 planos de saúde de 12 operadoras em função de reclamações relacionadas a cobertura assistencial. A determinação começa a valer a partir da próxima sexta-feira, dia 8. A medida é resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, realizado a cada três meses. Nesse ciclo, foram consideradas as demandas (como negativas de cobertura e demora no atendimento) recebidas no primeiro trimestre de 2018.

Quem já possui algum desses planos ficará desamparado?  

Não. Esses, continuam a ter assistência regular a que têm direito, uma vez que os planos são obrigados a manter a assistência aos clientes. Porém, as operadoras só poderão voltar a vender novos planos se comprovarem melhoria no atendimento e tiverem redução do número de reclamações. De acordo com a ANS, os planos de saúde suspensos têm, juntos, 115,9 mil clientes.

Paralelamente à suspensão, neste ciclo, houve a reativação de 33 planos de 16 operadoras.

Clique aqui para visualizar a lista completa de planos suspensos pela ANS. 

Reclamações

Entre janeiro e março de 2018, a ANS recebeu 15.655 reclamações de natureza assistencial através de seus canais de atendimento. Dessas, 13.999 foram consideradas para análise pelo Programa de Monitoramento. No período, 97% das queixas foram resolvidas pela mediação feita pela ANS via Notificação de Intermediação Preliminar (NIP), garantindo resposta ao problema desses consumidores com agilidade.

 

Gostou do post? Deixe um comentário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =