CUIDADO COM AS DOENÇAS COMUNS DE PRIMAVERA

MINISTÉRIO DA SAÚDE LANÇA SERVIÇO DE COMBATE A FAKE NEWS
5 de setembro de 2018
DigiSUS-capa-ministeriodasaude
APLICATIVO PERMITE ACESSO AO PRÓPRIO HISTÓRICO DE SAÚDE
19 de setembro de 2018

Saúde

CUIDADO COM AS DOENÇAS COMUNS DE PRIMAVERA

doenca-de-primavera-alergia-farmacia

Faltam poucos dias para a entrada da estação mais florida do ano: a primavera. Enquanto alguns comemoram as novas cores da paisagem, outros sentem no corpo as alterações da natureza.

Cuidado com as alergias e problemas respiratórios

O pólen das flores disperso no ar aumenta as chances de crises alérgicas, que podem ser leves ou mais graves. Por isso é melhor evitar plantas com flores dentro de casa.

A rinite, asma, problemas de tosse e obstrução brônquica pioram muito neste período, justamente quando a umidade do ar atinge índices baixíssimos. Há aumento das queimadas, da temperatura média e da fragilidade da saúde.

Conjutivite

Com o desabrochar das flores, o pólen começa a se dispersar no ar e pode causar irritações nos olhos, resultando em casos de conjuntivite. O melhor a se fazer é manter os olhos sempre limpos e lubrificados. Tente lavá-los eventualmente com soro fisiológico.

Dengue, Zica e chikungunya

Devemos nos lembrar que a volta do período chuvoso e quente leva a maior risco da proliferação de mosquitos transmissores de doenças como a dengue, a zika e chikungunya. A prevenção deve ser redobrada, com o controle de depósitos de água limpa e parada em todos os locais.

Escarlatina

Pouco conhecida, a escarlatina também tem seu ápice durante a estação das flores. A doença, causada por uma bactéria (a mesma das infecções de garganta) provoca o aumento das papilas gustativas da língua (aspecto de framboesa), manchas vermelhas pelo corpo e febre.

Leptospirose

Outro problema que o aumento das chuvas na estação são as enchentes que propagam doenças como a leptospirose na água contaminada. A principal medida a se tomar, nesse caso, é evitar andar com os pés descalços ou entrar em contato com a água de enchente.

Catapora; Sarampo; Caxumba e Rubéola

Além disso, casos de catapora, sarampo, caxumba e rubéola nessa época costumam ser mais comuns! Embora sejam doenças altamente contagiosas, a prevenção é muito simples: vacinação em dia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × quatro =